A+ A- Alto Contraste Libras
Faça sua busca pelo site
Notícias
30 de novembro de 2021 as 09:30 / Educação

EMEF Alexandre Tramontini promove descerramento da placa de Tempo Integral

Na noite da última segunda feira, 29 de novembro, nas dependências da Escola Municipal de Ensino Fundamental Alexandre Tramontini, foi promovida uma solenidade de descerramento da placa de Tempo Integral. O evento contou com a participação do prefeito Douglas Fontana, a secretária de educação Magali Oliveira, secretária geral de governo Simonara Copini Pastório, secretária de saúde Marileisa Valandro, a diretora da Escola Vera Lucia Benedetti Parizotto, professores, pais e alunos.

A solenidade marcou a implantação do Tempo Integral na escola nas séries iniciais no educandário, a conquista que iniciou em 2018, e gradativamente foi avançando para as demais séries. A previsão é que no ano de 2022, é implantar a modalidade até o 4 ano do ensino fundamental.

Escola de Tempo Integral: Políticas Públicas de Educação Integral

A Educação Integral é uma concepção de educação definida pelo compromisso com o desenvolvimento integral de todos os sujeitos. Ou seja, a Educação Integral reconhece os sujeitos na sua multidimensionalidade e se compromete com a estruturação de estratégias que garantam a todos, em condições de igualdade, o direito a uma educação de qualidade.

Este compromisso deve ser o cerne da concepção, implementação e avaliação das políticas públicas e se refletir concretamente na forma e organização das escolas e nas práticas pedagógicas dos docentes.

  • Planejamento da Gestão Educacional – definição clara de desafios, metas e

Estratégias;

  • Alinhamento entre todos os atores envolvidos no sistema: convergência de

esforços em todos os níveis;

  • Modelo de gestão estruturado e sustentável que articule, de maneira dialógica, a secretaria e as escolas;
  • Marcos legais que garantam sustentação a política;
  • Articulação intersetorial que garanta complementaridade as estratégias

Escolares;

Além disso, são condições estruturantes de uma Política de Educação Integral:

  • Mínimo de 7 horas e máximo de 9 horas diárias de jornada
  • Definição das aprendizagens esperadas para cada etapa;
  • Programa de formação de professores com pelo menos 50% de professores de cada escola envolvidos.
  • Flexibilidade para a construção de formas e organização escolar diferenciada;
  • Processo estruturado de avaliação da política;
  • Processo estruturado de acompanhamento e tutoria dos professores;
  • Garantia de tempo de planejamento e trabalho colaborativo em cada escola;
  • Recursos didáticos de qualidade e disponíveis que apoiem as práticas de referência dos professores;
  • Infraestrutura escolar adequada: mobiliário flexível, internet, acessibilidade, espaços diferenciados e adequados às faixas etárias (ateliê, biblioteca, espaços de convivência e descanso, quadra e espaços verdes, alimentação e higiene pessoal), recursos digitais disponíveis aos estudantes (especialmente a partir do Fundamental II);
  • Interação permanente com outros agentes e espaços não escolares como parte da política de educação integral;
  • Articulação de rede de proteção social aos estudantes com integração mínima das políticas de Educação, Saúde e Desenvolvimento Social.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Espumoso/Ministério



Notícias Semelhantes
Espumoso/RS
Praça Arthur Ritter de Medeiros, S/N - CEP: 99400-000
Telefone: (54) 3383.4450
E-mail: contato@espumoso.rs.gov.br
Expediente:
8:00 às 11:30 e 13:30 às 16:00